sexta-feira, 13 de maio de 2011

A paroquiana traidora

A mulher vai se confessar. O padre a reconhece:
- Faz muito tempo que a senhora não aparece, não é mesmo?
- É, padre. É que eu tenho freqüentado outra paróquia, padre.
- Tá bem. Me conte seus pecados.
- Cometi muitos pecados. Muitos, padre. Fui grosseira, menti, cometi os pecados da soberba e da vaidade. Até trair meu marido eu traí, padre.
- Traiu seu marido? Com quem?
- Com o padre da outra paróquia. O senhor me dá o perdão, padre?
- Olha (pausa), dar o perdão até que eu dou. Mas nunca se esqueça de uma coisa: a sua paróquia é ESTA AQUI, entendeu?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...