segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Demissão


- Vai pra puta que o pariu! Você está demitido!
- Como?
- Rua!
- O que eu fiz?
- Cala essa sua boca imunda!
- Mas Seu Alfredo…
- Seu Alfredo é o caralho! Tá ouvindo?
- O que eu fiz, porque você está…
- Você sabe muito bem o que é, seu merda!
- Jatobi…
- Shhh! Quieto! Eu não quero ouvir nenhuma palavra sua.
- Porque esse escândalo na frente de todo mundo?
- Pra todo mundo ver o que acontece quando um funcionário faz cagada aqui dentro!
- Mas que cagada?
- Não se faça de inocente, Seu Carlos, NÃO SE FAÇA DE INOCENTE!
- Tá bom, eu vou embora, mas não pense que vai ficar assim, não!
- O senhor será comunicado por e-mail, eu só estou adiantando o assunto.
- Passar bem!
- Foda-se!
Minutos depois, por e-mail.


De: Alfredo Jatobá
Para: Carlos A. Mendonca 
Assunto: Demissão.
Chuchú,
Desculpe o chilique hoje no escritório, mas a Bete me avisou que ontem, quando a gente estava saindo do Motel, o Paiva (do financeiro) viu a gente. Ele comentou com a Bete que não sabia ao certo, mas desconfiou porque reconheceu o meu carro.
Achei mais seguro te demitir e dar todo aquele chilique de machão (kkkkkkk) pro pessoal não desconfiar da gente. Eu te recontrato na semana que vem, relaxa.
Passo mais tarde na sua casa. Coloca o vinho na geladeira que hoje tem!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...