quinta-feira, 3 de março de 2011

Post Copiado :: Pobres


O problema de pobre não é a falta de dinheiro, mas a falta de educação. Não sabe se comportar, não respeita os outros, não respeita os lugares, não se respeita.
E o problema não é ser pobre, é ter esse espírito irritante de pobre. Pobre de alma, pobre de cultura, pobre de cuidados. Você não precisa ter dinheiro para ser educado, como não precisa ser pobre para ser um sem noção. Existem casos de pobres com almas lindas e ricos com almas nojentas.
Hoje mesmo eu vi um caso. 3 pessoas no ponto de ônibus falando alto; o ponto tem 4 lugares, uma delas sentada no encosto e com os pés em dois bancos, a mochila ocupava outro lugar. O ponto estava lotado e a bonita nem aí.
A gente zoa com a venda parcelada de celulares e os celulares que viraram radinho, a tensão de pegar um ônibus lotado e ser obrigado a ouvir funk. E o primeiro pensamento é “só podia ser pobre”.
É pobre sim, é pobre de educação. É o cara que cospe no chão, que passa a mão na bunda da mulherada, que fala gritando, que faz escândalo, que arrota na frente dos outros.
É pobre que reclama que “playboy” se acha só porque tem certos “benefícios”, mas não faz o mínimo esforço pra mudar a sua condição de vida, que está satisfeito com a vida que tem.
E não falo na relação trabalho X dinheiro, mas falo em aprender a ser gentil para conseguir certas vantagens, aprender a falar direito para ser bem tratado, aprender que passar na frente dos outros significa ter contatos e não dinheiro.
O problema de ser pobre é querer ser sempre pobre, se comportar como pobre e achar que o mundo deve abaixar a cabeça para a sua grosseria e estupidez.



Vi esse texto no Tramado por Mulheres

Eu sempre digo: "Se o desonesto soubesse o valor da honetidade, ele seria honesto por desonestidade".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...