segunda-feira, 1 de março de 2010

O pato e o gambá

A mamãe PATA e a mamãe GAMBÁ atravessavam tranqüilamente uma rodovia, cada uma com um filhotinho, quando, de repente, surge um caminhão em alta velocidade. As mamães na urgência de salvarem seus filhos, os empurraram rapidamente para o acostamento, mas não tiveram tempo de salvarem a si próprias.

O caminhão passou e matou ambas, deixando os pequeninos filhotes sozinhos. O patinho começou chorar compulsivamente, e o pequeno gambá tentou ajudá-lo:
- Porque choras tanto, meu amiguinho?

- É que minha mamãe morreu tão de repente, e nem teve tempo de me dizer quem sou, de onde vim, nada!

O gambazinho:
- Mas é fácil, eu posso ajudá-lo. Olha, você é pequenino, amarelinho, tem pés com nadadeiras e faz Quack... Só pode ser um patinho!!!

E o patinho ficou feliz da vida. Mas na hora, caiu a ficha para o gambazinho, de que sua situação era a mesma, e ele começou a chorar. Então o patinho disse:
- Nossa por que você chora tanto agora?

O gambazinho:
- É que eu descobri que minha situação também é muito triste, não sei quem sou, de onde vim, quem é meu pai...

O patinho tentando ajudar:
- Calma que eu acho que também posso ajudá-lo. Raciocina comigo: Você fede pra caramba, é feio pra cacete, você tem duas cores- preto e branco, não sabe quem é seu pai, não tem mãe... Tá fudido... Você só pode ser Corinthiano !!!

AÍ QUE O GAMBÁ NUNCA MAIS PAROU DE CHORAR...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...